"Educar

é semear com sabedoria e colher com paciência"                                                                                   Augusto Cury

O primeiro estabelecimento de ensino secundário de que há memória em Santa Maria existiu em meados do século XIX, mercê da boa vontade e persistência do Major António Bonifácio Júlio Guerra.

Os tempos passaram e chegados ao século XX - 1949 - é fundado, em Outubro desse ano, o Externato de Santa Maria que funcionou, aproximadamente, até 1975. Este foi o único estabelecimento de ensino secundário nesta ilha e a sua implementação deveu-se a “particulares”, funcionários do Aeroporto (meteorologia) que nessa altura para cá vieram. De entre esses salientou-se Bento Rodrigues, que seria a partir de 1992 o patrono da Escola Básica 2,3/S de Vila do Porto.
externato

O Externato, de cariz particular, funcionou desde o seu início sem fins lucrativos e destinou-se sempre a servir a população estudantil da ilha. Este abriu, inicialmente, para os filhos dos funcionários do Aeroporto e foi, mais tarde, alargado a todas as crianças que quisessem prosseguir o ensino preparatório ou secundário.

Em 1972, o Decreto-Lei nº 482/72, de 28 de Novembro, oficializa o ensino em coeducação de sexos, ministrando-se ainda, em regime de separação de ensino as disciplinas de Trabalhos Manuais e Educação Física.

Nessa altura, vislumbrava-se já a extinção do Externato que continuou a ser importante, uma vez que até 1976 as aulas funcionaram ainda nesse espaço por falta de estruturas no edifício onde viria a funcionar a futura Escola Preparatória “Teófilo Braga”. Esta designação deveu-se ao facto da mãe desta ilustre figura ser natural da ilha de Santa Maria. No entanto, a partir de 28 de Julho de 1992 e a pedido de todos os que pretendiam homenagear o fundador e precursor do ensino secundário nesta ilha, a Escola Preparatório de Vila do Porto deixa de designar-se de “Teófilo Braga” e passa a designar-se, através do Despacho Normativo nº 92/30, por deliberação do então Secretário Regional de Educação e Cultura, Aurélio da Fonseca, Escola Básica 2,3/S Bento Rodrigues, e contempla “hoje” níveis de ensino desde o 5º ao 12º anos.

Estes níveis de ensino foram gradualmente implementados na escola. Assim, iniciar-se-ia no ano lectivo 1985/86 o 10º ano de escolaridade e sucessivamente os 11º e 12º anos, bem como o ensino recorrente e todos os outros cursos que actualmente a escola oferece e prevê introduzir conforme necessidades educativas e sociais.

O Decreto Legislativo Regional nº 2/98-A, de 28 de Janeiro, veio criar algumas Escolas Básicas Integradas da Região Autónoma dos Açores, entre as quais a Escola Básica Integrada de Santa Maria.

A Escola assim criada, englobava um grupo de escolas que agregava à Escola Básica 2,3/S Bento Rodrigues os núcleos escolares de: EB1/JI do Aeroporto, EB1/JI de São Pedro, EB1/JI Sol Nascente, EB1/JI de Almagreira, EB1/JI de D. António Sousa Braga e EB1/JI de Vila do Porto. Destes seis núcleos escolares existem quatro que formam dois agrupamentos de escolas: EB1/JI de São Pedro e EB1/JI Sol Nascente; EB1/JI de Almagreira e EB1/JI de D. António Sousa Braga.

 

LOCALIZAÇÃO

A Escola Básica e Secundária de Santa Maria situa-se na ilha de Santa Maria, arquipélago dos Açores, Portugal.

   
 
   mapailha   EB 2,3/S Bento Rodrigues / EB1/JI de Vila do Porto
   EB1/JI do Aeroporto
 Almagreira  EB1/JI de Almagreira
 EB1/JI de São Pedro
 EB1/JI D. António de Sousa Braga
EB1/JI Sol Nascente (Já não se encontra em funcionamento!)